Santa Maria é uma cidade polo da região central do Rio Grande do Sul, distante cerca de 290 km da capital Porto Alegre. Por estar localizada em seu centro geográfico, possui ligações para qualquer região do estado.
Santa Maria é uma cidade plural, resultado da multiplicidade de seus povos e de sua cultura. Por isso, recebeu ao longo dos anos várias alcunhas, a tornando reconhecida de diversas formas.
 
 
Cidade Cultura.
Chamada assim por concentrar inúmeras atividades educacionais, em especial as relacionadas ao Ensino Superior, que atraem alunos de praticamente todos os estados. A relação entre Santa Maria e cultura, porém, começou a ganhar forma nas primeiras décadas do século XX, quando a cidade foi palco de diversas exibições teatrais de companhias que vinham de São Paulo e Rio de Janeiro rumo ao Uruguai e Argentina, ou que faziam o caminho inverso. Além disso, entre 1911 e 1937 foram inaugurados quatro cinemas na cidade, que exibiam um mínimo de oito sessões diárias. Outros cinemas, como o Cine Glória, também fizeram história em Santa Maria e permanecem até hoje nas memórias e recordações da população.
 
Cidade Universitária.
Apontada como um centro de conhecimento e inovação em função de abrigar 8 instituições de Ensino Superior, a cidade atrai estudantes de várias partes do estado e país, com reconhecimento nacional e internacional. Uma delas, a Universidade Federal de Santa Maria, foi a primeira universidade federal criada no interior, ou seja, fora de uma capital brasileira, um marco importante no processo de interiorização do ensino universitário público no país.
           
Cidade Militar.
Santa Maria destaca-se por ter o segundo maior contingente militar do país, compreendido pela 3ª Divisão do Exército Brasileiro e pela Base Aérea. A economia está relacionada ao seu perfil como centro estudantil e militar, visto que a cidade tem uma renda pública importante oriunda dos militares e dos funcionários públicos federais. Comércio e serviços representam mais de 70% do PIB, segundo dados da Fundação de Economia e Estatística (2016).
           
Cidade Ferroviária.
A ferrovia teve um papel fundamental no desenvolvimento de Santa Maria, visto que a sua localização geográfica a tornou um importante entroncamento ferroviário, por onde passavam as principais linhas do estado. O patrimônio histórico, fortemente atrelado à memória ferroviária, é representado pela Vila Belga, pela Gare da Estação Ferroviária, pelos casarios majestosos e pelos muitos relatos dos tempos em que os trens de passageiros cruzavam a cidade rumo à fronteira ou à capital gaúcha. A Avenida Rio Branco, uma das principais vias e antigo eixo de ligação entre a Estação Ferroviária e o centro da cidade, ainda conserva diversas edificações que compõem, hoje, o maior conjunto contínuo de Art Déco da América Latina.
 
Cidade de Santa Maria da Boca do Monte.
Situada em uma zona de transição entre o Planalto Meridional Brasileiro e a Depressão Central do estado, Santa Maria está cercada por morros, que formam belas molduras para o cenário urbano. Os morros podem ser visualizados de praticamente qualquer ponto da cidade, compondo paisagens que fazem parte de seu patrimônio natural. Além disso, os distritos santa-marienses são expressivos cenários, próprios para realização de atividades de turismo no meio rural.
 
Cidade do Xis. Apesar da gastronomia variada, representada nos diversos bares, restaurantes e cafeterias, Santa Maria é conhecida pelo seu Xis. O lanche rápido, consumido a qualquer hora do dia e encontrado a preços baixos nos trailers em vias públicas faz sucesso principalmente entre o público universitário.
 
Berço dos Dinossauros. Santa Maria faz parte de uma região reconhecida pela exuberância do patrimônio paleontológico, onde foram encontrados os fósseis dos primeiros e mais antigos dinossauros do planeta Terra.
  
 
Além do seu grande potencial como cidade turística, Santa Maria também é um ótimo local para morar.